No escurinho do elevador...

Lição de Vida


video

Clodovil e Suvinil - Tudo a ver


video

Sapos...

Um pouco de diversão nunca faz mal a ninguém...

video

Conscientização no Trânsito


video

Saber Perder


será que existe um bom perdedor?
e o que seria um bom perdedor?
um bom perdedor 
é aquele que luta até onde suas forças aguentam.
é aquele que não desiste de lutar, 
mas sabe a hora de jogar a toalha,
para que não sofra mais do que suportaria.
não sei se exite uma pessoa assim.
afinal, ninguém gosta de perder.
a derrota significa o fim de um sonho.
um sonho pelo qual se lutaria uma vida inteira.
a derrota é amarga.
a derrota é cruel.
mas através de uma derrota,
aprendemos o quanto podemos lutar.
até onde nós iríamos em busca daquele sonho.
saber perder é saber que a derrota não é o fim da linha.
é apenas o ponto final de um capítulo do nosso livro chamado vida.
e que daqui a pouco começamos a escrever um novo capítulo,
que pode ter um final diferente do anterior.
a derrota nunca é fácil.
mas precisamos passar por ela.
precisamos saber perder.
precisamos desisitir de algo hoje
pra lutarmos por outro amanhã.
e hoje eu desisto.
fui derrotado pelo tempo.
admito que não tenho mais forças.
cansei de sofrer.
definitivamente eu jogo a toalha.
e espero que seja no momento certo.
nem antes, nem depois.
eu sou um bom perdedor!
"a verdade é que saber perder é tão essencial quanto saber ganhar."


Marco Aurelio Alves

Tédio


o tempo passa

e não vejo nada em minha frente.

não vejo quem eu queria ver.

não faço o que queria fazer.

não digo o que queria dizer.

estou "preso" nessa cadeira, em frente ao computador,

sem conseguir tomar nenhuma atitutde.

ali fora o tempo conspira contra a minha vontade.

ele passa cada vez mais rápido.

e eu fico cada vez mais refém dos meus pensamentos.

nao consigo raciocinar.

nao consigo ordenar meus pensamentos.

tudo o que faço,

tudo o que penso,

sempre toma o mesmo rumo,

tem o mesmo final: você!

mas pensar em você seria tédio?

sim.

porque pensar em você signifca não pensar em mais nada.

e isso é entediante.

tudo o que queria é seguir o rumo normal da vida

e deixar de ver você como um longínquo e belo sonho.

poder pensar sim em você,

mas não só em você.

pensar na chuva que cai.

pensar no carro que buzina.

pensar na vida que corre.

mas nesse momento,

tudo o que consigo

é continuar aqui,

nessa cadeira,

em frente ao computador,

pensando em você,

escrevendo sobre você,

escrevendo para você.

vivendo por você.

Que tédio!


Marco Aurelio Alves

O Poder de um Gesto

Não é necessário muita coisa pra que um turbilhão passe por nós.
um sorriso;
um toque;
um olhar;
um abraço;
Basta um simples e singelo gesto.
E tudo aquilo que imaginávamos torna-se realidade.
Ou não.
Torna-se um pesadelo.
Um gesto pode dizer muita coisa.
causar mais confusão;
acabar com uma paixão;
tornar tudo ilusão;
Mas pode também
responder aquela questão
aliviar muita tensão;
causar mais emoção;
Mas mesmo com todos esses riscos,
um gesto pode ser a maneira mais simples
de dizer aquilo que não se tem coragem.
um gesto pode ser a maneira mais prática 
de demonstrar carinho, afeto, compreensão.
Um olhar que diz MUITO OBRIGADO.
Um toque que diz TE QUERO.
Um sorriso que diz EU TE AMO.
Um abraço que diz SAUDADES.
Do mesmo jeito que dizem que
"uma imagem vale mais que mil palavras"
eu diria que
"um gesto vale mais que mil imagens".
Nunca subestime o poder de seus gestos!
Por isso,
continue sorrindo;
continue olhando;
continue tocando;
continue abraçando;
Posso não ter a certeza do que sentes.
Posso continuar confuso.
Mas essa incerteza, essa confusão
me faz lembrar sempre,
o quão importante e especial és para mim.
Por ti, continuo confuso.
Por ti, por teus gestos.
Por mim, por minhas incertezas...
Com um pequeno gesto você pode mudar a vida de uma pessoa.

Marco Aurelio Alves

Crônica do Amor - Arnaldo Jabor


Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo a porta.
O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção estelar.
Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são só referenciais.
Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca.
Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera.
Você ama aquela petulante. Você escreveu dúzias de cartas que ela não respondeu, você deu flores que ela deixou a seco.
Você gosta de rock e ela de chorinho, você gosta de praia e ela tem alergia a sol, você abomina Natal e ela detesta o Ano Novo, nem no
ódio vocês combinam. Então?
Então, que ela tem um jeito de sorrir que o deixa imobilizado, o beijo dela é mais viciante do que LSD, você adora brigar com ela e ela adora implicar com você. Isso tem nome.
Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário. Ele não emplaca uma semana nos empregos, está sempre duro, e é meio galinha. Ele não tem a
menor vocação para príncipe encantado e ainda assim você não consegue despachá-lo.
Quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga. Ele toca gaita na boca, adora animais e escreve poemas. Por que você ama
este cara?
Não pergunte pra mim; você é inteligente. Lê livros, revistas, jornais. Gosta dos filmes dos irmãos Coen e do Robert Altman, mas sabe que uma boa comédia romântica também tem seu valor.
É bonita. Seu cabelo nasceu para ser sacudido num comercial de xampu e seu corpo tem todas as curvas no lugar. Independente, emprego fixo, bom saldo no banco. Gosta de viajar, de música, tem loucura
por computador e seu fettucine ao pesto é imbatível.
Você tem bom humor, não pega no pé de ninguém e adora sexo. Com um currículo desse, criatura, por que está sem um amor?
Ah, o amor, essa raposa. Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados.
Não funciona assim. 
Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC. Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível.
Honestos existem aos milhares, generosos têm às pencas, bons motoristas e bons pais de família, tá assim, ó!
Mas ninguém consegue ser do jeito que o amor da sua vida é! Pense nisso. Pedir é a maneira mais eficaz de merecer. É a contingência maior de quem precisa.

Dúvidas


por quê?
    o que?
      quando?
         como?
            onde?
               quem?

por quê é tao difícil a busca pela felicidade?
por quê não podemos estar perto de quem queremos?
por quê complicamos as coisas simples da vida?

     o que aconteceu comigo?
     o que vai acontecer conosco?
     o que eu fiz pra me acontecer isso?

quando vai terminar minha angústia?
quando vou poder escutar minha música e não dançar as músicas alheias?
quando vou criar coragem e dizer que te amo?

     como tudo isso começou?
     como deixei que esse sentimento tomasse conta de mim?
     como fazer para abdicar desse amor?

onde está o amor?
onde está a amizade?
onde está o equilíbrio entre ambas?

     quem você pensa que é pra me fazer sofrer assim?
     quem disse que a felicidade não existe?
     quem sou eu pra querer ser feliz?

                  quem?
              onde?
           como?
       quando?
    o que?
por quê?



Marco Aurelio Alves

Escolhas


Quando temos que fazer uma escolha?

               sempre.

Quando acertamos a escolha q fazemos?

               as vezes.

Quando devemos nos arrepender da escolha feita?

               nunca.

Por quê?

Porque  toda escolha, certa ou errada, nos faz crescer.

Se é a escolha certa, saímos vitoriosos, convictos, realizados.

Mas se é a escolha errada, saímos tristes, derrotados.

Mas não por isso a escolha errada não tem sua serventia!

É através dela que aprendemos.
É através dela que superamos desafios.
É através dela que enxergamos a luz no fim do túnel.

Não existe aprendizado sem erro.

Não existe vitória sem obstáculo.

Não existe felicidade sem sofrimento.

Não devemos nos arrepender das escolhas.

Mas podemos.

Arrependimento tenho vários:

por escolhas feitas;

por escolhas não feitas;

até mesmo pelas escolhas feitas nos momentos indevidos;

Mas tenho certeza que sem minhas escolhas não estaria onde estou.

não teria conhecido as pessoas que conheci.
não teria gargalhado.
não teria chorado.
não teria sonhado.
não teria vivido.

Sou muito grato, sempre, por poder fazer minhas próprias escolhas.

Certas ou erradas, elas são as minhas escolhas.

Claro que tenho medo de errar.

Quem não tem?

Que me arrependa depois de ter feito uma escolha,

Nunca de ter deixado de fazê-la.

E é atraves delas que vou seguir lutando por um futuro melhor,

que vou seguir buscando meus ideais,

que vou seguir sonhando,

que vou seguir vivendo,

que vou seguir.

"Amar é antes de tudo uma escolha. Não temos que amar. Escolhemos amar."

Marco Aurelio Alves

De que é feita uma amizade?


Engraçado, eu sempre fico pensando em que momento da vida foi criado esse sentimento... a amizade.
Quem será que compôs o primeiro par de amigos da face da terra?
Fico imaginando que eles devem ter tido muitas dificuldades nesse relacionamento, afinal foram os pioneiros em dar carinho, aparar arestas, serem muitas vezes incompreendidos e ainda assim estarem sempre de braços abertos para receber o outro quando preciso.
Bom, mas o tempo passou e hoje já sabemos muitas coisas sobre amizade.
Há de ser entender que a amizade não é algo somente que nos traz alegrias e esse é o maior desafio dela.
Há de se aceitar que se pode ter amigos diferentes de nós, em raça, religião, temperamento, criação, cultura. Isso na verdade não é importante na amizade.
Há de se saber que as regras principais da amizade são o respeito, a consideração, a tolerância e a humildade.
A consideração é um fator muito importante também. Não adianta sermos tudo de bom para alguém e nos momentos mais delicados e necessários para esse alguém, não termos a consideração que se resume na atenção devida. Espera-se mesmo que a amizade, como qualquer outro sentimento, seja uma via de mão dupla. Não existe a possibilidade de só darmos, jamais recebermos e ainda assim sermos realizados nesse sentimento. Não se trata de um "toma lá dá cá", mas se trata de um "eu me lembro quando eu precisei e você esteve comigo, portanto agora você precisa e eu estou aqui", e isso há de ser feito com um sorriso nos lábios e muito amor no coração.
A tolerância, talvez seja essa a parte principal. Há de se entender que nenhum ser humano vive em total estado de bom humor a vida toda. Haverão dias que os ânimos não estarão bons, o coração de um deles não estará bem. Isso sem contar que as pessoas em geral têm os mais diversos tipos de temperamentos e de atitudes.
Há de se saber que para se ter um amigo, alguns momentos desagradáveis dele teremos que suportar, passar por cima mesmo, ignorar, sabendo inclusive que ele em algum instante fará o mesmo por nós se for amizade verdadeira o que ele sente.
Há de se saber, aceitar e entender, que a perfeição em termos de ser humano não existe, cometemos todos, diversas vezes, falhas, enormes falhas. Nenhum de nós é o rei da verdade, nenhum de nós está certo o tempo todo ... em algum momento o nosso amigo é que será a parte certa e por mais que o nosso orgulho nos impeça de dizer, teremos que aceitar.
A humildade há de precisar estar presente sempre. Amigos que não convivem com isso, dificilmente conseguirão levar uma amizade avante. Há de ser ter humildade pra dizer coisas simples:
Eu não sei, você me ensina?
Eu não consigo, você me ajuda?
Eu não posso, tenho medo, você vai comigo?
Eu errei, me perdoa?
Eu me arrependi, você me desculpa?
Eu não fui fiel a você, me dá outra chance?
Eu disse o que não devia, você pode esquecer?
Eu ando negligenciando nossa amizade, você me permite recuperar esse tempo perdido?

Ser humilde numa amizade, não significa se humilhar, significa provar ao outro o seu grau de importância na nossa vida.
Por fim, uma amizade há de ter altos e baixos sim, há de atravessar furacões, cair em abismos, há de se despedaçar toda ... mas se for amizade de verdade, há de voltar, envolta em ferimentos, apoiada numa bengala, sangrando até ... e há de encontrar o seu companheiro com o curativo nas mãos, amor no coração e disposto a dar o perdão!
Ser amigo, é todos os dias aprender alguma coisa nova, é sempre ter algo de que se arrepender por alguma coisa que se deixou de fazer.
Ser amigo é principalmente dividir uma emoção, saber acalentar um coração e deixá-lo voar pra longe de nós quando ele precisar.
Mas ser amigo é especialmente se recolher num cantinho e esperar esse coração voltar pra nossa mão no momento que ele achar que é bom.

P. S. - Eu Te Amo


Definitivamente não é uma comédia romântica, é um romance dramático. Pode levar o lencinho, as lágrimas serão inevitáveis.

'P.S. Eu te amo' conta a história de Holly (Hillary Swank) e Gerry (Gerard Butler), uma história interrompida pela morte precoce. O desafio dela é enfrentar a perda, não só a perda do passado, do marido e de sua companhia, mas a imposição da perda de um futuro, bom ou ruim, seja ele qual fosse.
A mágica do filme não está em Hillary Swank, em Kathy Bates, nem mesmo na hipnótica atuação de Gerard Butler, a encarnação exata do homem doce, apaixonado, irresistível, com suas qualidades e defeitos: a magia fica por conta da direção, da sensibilidade na forma de contar, na abordagem intensa de cada cena, de cada lembrança que Hillary guarda de seu amor e na forma como enfrenta suas próprias dores e aprende a lidar com o que nunca será.
Há alguns ruídos, causados tanto pelo amigo Daniel (Harry Connick Jr.) como pelas amigas de Holly - histórias desnecessárias e mal construídas para aliviar o conflito principal ou, pelo menos, para diminuir a tensão das cenas dos protagonistas. Isso, contudo, não chega a estragar o filme, muito embora o cuidado com o tratamento dos coadjuvantes seja sempre um ponto relevante para um resultado harmonioso da trama. 
'P.S. Eu te amo', leva à reflexão sobre atitudes, sobre as escolhas que fazemos quando a felicidade está tão perto que nem lhe damos valor, quando o amor está acessível, mas não o conseguimos escutar, fala sobre os silêncios e incompreensões com aqueles que nos são mais próximos, nos conta da importância de aproveitar melhor o tempo que nos é dado. E, de forma sutil, aborda essa mania de fazer a vida depender de fatos, quando ela acontece diariamente, a despeito de nossas vontades e conveniências. 
Destaque para as belas imagens da Irlanda, em contraposição à exigüidade do espaço em Nova Iorque, e também para a atuação de Kathy Bates e Gerard Butler que, sem dúvida, contribuíram para aumentar a carga emocional e dramática do ótimo longa.

Fonte: Paula Cajaty

Teardrops On My Guitar - Taylor Swift

Drew looks at me, I fake a smile so he won't see
That I want and I need everything that we should be
I'll bet she's beautiful, that girl he talks about
And she's got everything that I have to live without

Drew talks to me, I laugh cause it's just so funny
That I can't even see anyone when he's with me
He says he's so in love, he's finally got it right,
I wonder if he knows he's all I think about at night

[Chorus:]

He's the reason for the teardrops on my guitar
The only thing that keeps me wishing on a wishing star
He's the song in the car I keep singing, don't know why I do

Drew walks by me, can he tell that I can't breathe?
And there he goes, so perfectly,
The kind of flawless I wish I could be
She'd better hold him tight, give him all her love
Look in those beautiful eyes and know she's lucky cause

[Repeat Chorus]

So I drive home alone, as I turn out the light
I'll put his picture down and maybe
Get some sleep tonight

He's the reason for the teardrops on my guitar
The only one who's got enough of me to break my heart
He's the song in the car I keep singing, don't know why I do
He's the time taken up, but there's never enough
And he's all that I need to fall into..

Drew looks at me, I fa
ke a smile so he won't see.
==========> TRADUÇÃO
Lágrimas No Meu Violão

Drew olha pra mim
Eu finjo um sorriso então ele não perceberá
O que eu quero e preciso
E tudo que deveríamos ser

Eu aposto que ela é bonita
A menina que ele fala tanto,
E ela tem tudo
Que eu tenho que viver sem

Drew fala comigo
Eu rio porque isto é muito engraçado
Mas eu não consigo ver
Ninguém quando ele está comigo

Ele fala que está tão apaixonado,
Que ele finalmente acertou
Eu me pergunto se ele sabe
Que ele é tudo o que eu penso a noite

Ele é a razão das lágrimas no meu violão
A única coisa que continuo
Pedindo para a estrela cadente
Ele é a canção dentro do carro
Que eu continuo a cantar,
Eu não sei porque eu faço.

Drew passa por mim.
Ele pode falar que eu não respiro?
E lá vai ele, tão perfeito.
O tipo sem falhas que eu queria ser

É melhor ela segura-lo bem apertado
Dar todo o amor dela,
Olhar naqueles olhos lindos
E saber que ela é sortuda porque

Ele é a razão das lágrimas no meu violão
A única coisa que continuo
Pedindo para a estrela cadente
Ele é a canção dentro do carro
Que eu continuo a cantar,
Eu não sei porque eu faço.

Então dirijo pra casa a noite
Enquanto ligo a luz
Coloco a foto dele pra baixo
E talvez eu consiga dormir um pouco hoje a noite

Ele é a razão das lágrimas no meu violão
A única coisa que continuo
Pedindo para a estrela cadente
Ele é a canção dentro do carro
Que eu continuo a cantar,
Eu não sei porque eu faço.

Ele é o tempo gasto
Mas nunca há o bastante
Ele é tudo que eu preciso cair dentro

Drew olha pra mim
Eu finjo um sorriso então ele não perceberá


Someboy's me - Enrique Iglesias

You, do you remember me like i remember you?
Do you spend your life, going back in your mind to that time?
Cause i, i walk the streets alone, i hate being on my own
And everyone can see that, i really fell, and i'm going through hell
Thinking about you with somebody else

Somebody wants you
Somebody needs you
Somebody dreams about you every single night
Somebody cant breathe, without you its lonely
Somebody hopes that one day you will see, that somebody's me
That somebody's me, yeah

How, how did we go wrong?
Wath was so good, and now its gone
And i pray at night, that our passing will cross
What we hide, isn't lost
Cause you are always driving in my thoughts

Somebody wants you
Somebody needs you
Somebody dreams about you every single night
Somebody cant breathe, without you its lonely
Somebody hopes that one day you will see, that somebody's me
That somebody's me, yeah

You will always be in my life, even if i'm not in your life
Cause you're in my memory
You, will you remember me?
And before you set me free, oh listen please

Somebody wants you
Somebody needs you
Somebody dreams about you every single night
Somebody cant breathe, without you its lonely
Somebody hopes that one day you will see, that somebody's me

That somebody's me, yeah

======================> TRADUÇÃO

Alguém Sou Eu

Você, você lembra de mim como lembro de você?
Você passa a sua vida, lembrando daquela época?
Porque eu, eu ando nas ruas sozinho odeio estar por minha conta
E todo o mundo pode ver isso, eu realmente caí
E eu estou no inferno pensando em você com outra pessoa

Alguém te quer
Alguém precisa de você
Alguém sonha com você toda noite
Alguém não consegue respirar, sem você é solitário
Alguém espera aquele dia que você verá, alguém sou eu
Alguém sou eu


Como, como nós erramos?
Estava tão bom e agora foi embora
E rezo de noite, que nossos caminhos irão se encontrar
O que nós escondemos, não é perdido
Pois está sempre guiando os meus pensamentos

Alguém te quer
Alguém precisa de você
Alguém sonha com você toda noite
Alguém não consegue respirar, sem você é solitário
Alguém espera aquele dia que você verá, alguém sou eu
Alguém sou eu

Você sempre estará na minha vida, ainda que eu não esteja na sua
vida
Pois você está na minha lembrança
Você, Você irá lembrar de mim
E antes d você me liberar, Oh, Escute por favor

Alguém te quer
Alguém precisa de você
Alguém sonha com você toda noite
Alguém não consegue respirar, sem você é solitário
Alguém espera aquele dia que você verá, alguém sou eu
Alguém sou eu

Letras de Músicas

Pessoal, vou passar a colocar aqui algumas letras de músicas que ando escutando muito. 

Geralmente quando escuto uma música mais de 5 vezes no dia, é certeza que ela já faz parte da minha playlist da vida!

Abraços

'Empire' elege os 500 melhores filmes de todos os tempos

A revista Britânica Empire fez uma pequena lista com nada mais que 500 filmes escolhido por ela como sendo os melhores filmes da história do cinema mundial.

Como não caberiam todos aqui, colocarei os 50 primeiros!

Vale lembrar que a lista foi feita pelos colaboradores da Empire e não necessariamente está de acordo com a minha opinião.

Mas vamos lá:

1. "O podereso chefão", de Francis Ford Coppola (1972)
2. "Indiana Jones Os caçadores da arca perdida", de Steven Spielberg (1981)
3. "Star Wars: O império contra-ataca", de Irvin Kershner (1980)
4. "Um sonho de liberdade", de Frank Darabont (1994)
5. "Tubarão", de Steven Spielberg (1975)
6. "Os bons companheiros", de Martin Scorsese (1990)
7. "Apocalipse Now", de Francis Ford Coppola (1979)
8. "Cantando na chuva", de Stanley Donen e Gene Kelly (1952) 
9. "Pulp Fiction", de Quentin Tarantino (1994)
10. "Clube da luta", de David Fincher (1999)
11. "Touro indomável", de Martin Scorsese (1980) 
12. "Se meu apartamento falasse", de Billy Wilder (1960) 
13. "Chinatown", de Roman Polanski (1974) 
14. "Era uma vez no Oeste", de Sergio Leone (1968) 
15. "O cavaleiro das trevas", de Christopher Nolan (2007) 
16. "2001: Uma odisséia no espaço", Stanley Kubrick (1968) 
17. "Taxi Driver", de Martin Scorsese (1976) 
18. "Casablanca", de Michael Curtiz (1942)
19. "O poderoso chefão - Parte II", de Francis Ford Coppola (1974) 
20. "Blade Runner", de Ridley Scott (1982) 
21. "O terceiro homem", de Carol Reed (1949) 
22. "Star Wars: Uma nova esperança", de George Lucas (1977) 
23. "De volta para o futuro", de Robert Zemeckis (1985) 
24. "O senhor dos anéis: A sociedade do anel", Peter Jackson (2001) 
25. "Três homens em conflito", de Sergio Leone (1967) 
26. "Dr. Fantástico", Stanley Kubrick (1964) 
27. "Quanto mais quente melhor", de Billy Wilder (1959) 
28. "Cidadão Kane", de Orson Welles (1941) 
29. "Duro de matar", de John McTiernan (1988) 
30. "Aliens - O resgate", de James Cameron (1986) 
31. "E o vento levou", de Victor Fleming, George Cukor e Sam Wood (1939) 
32. "Butch Cassidy", de George Roy Hill (1969) 
33. "Alien - O oitavo passageiro", de Ridley Scott (1979) 
34. "O senhor dos anéis: O retorno do rei", de Peter Jackson (2003) 
35. "Exterminador do futuro 2", de James Cameron (1991) 
36. "Andrei Rublev", de Andrei Tarkovsky (1969) 
37. "Laranja mecânica", de Stanley Kubrick (1971) 
38. "Fogo contra fogo", de Michael Mann (1995) 
39. "Matrix", dos irmãos Wachowski (1999) 
40. "Um corpo que cai", de Alfred Hitchcock (1958) 
41. "Os incompreendidos", de François Truffaut (1959) 
42. "As oito vítimas", de Robert Hamer (1949) 
43. "O grande Lebowski", dos irmãos Coen (1998) 
44. "A lista de Schindler", de Steven Spielberg (1993) 
45. "Psicose", de Alfred Hitchcock (1960) 
46. "Sindicato dos ladrões", de Elia Kazan (1954) 
47. "E.T. - O extraterrestre", de Steven Spielberg (1982) 
48. "This Is Spinal Tap", de Rob Reiner (1984) 
49. "Evil Dead 2", de Sam Raimi (1987) 
50. "Os sete samurais", de Akira Kurosawa (1954)

Na modesta opinião deste que vos fala, o melhor filme de todos os tempos é O Senhor dos Anéis - O Retorno do Rei. Mas tudo bem... Os eleitos são muito bons também!

Lá e de volta outra vez...

Pessoal, após um gigantesco periodo de ausência por motivos pessoais, profissionais, emocionais e financeiros, estou de volta ao meu amado blog.

Ainda está meio complicado de postar todos os dias, mas farei o possivel para atualizar o Blog do Marco sempre que possível.

Desde já agradeço a compreensão de todos.

E vamos aos trabalhos...

Abraços...

Resultado - 80º Oscar



Melhor filme: “Onde os Fracos Não Têm Vez”
Diretor: Ethan Coen e Joel Coen, “Onde os Fracos Não Têm Vez”
Melhor ator: Daniel Day-Lewis, “Sangue Negro”
Melhor atriz: Marion Cotillard, “Piaf - Um Hino Ao Amor”
Ator coadjuvante: Javier Bardem, “Onde os Fracos Não Têm Vez”
Atriz coadjuvante: Tilda Swinton, “Conduta de Risco”.
Animação: “Ratatouille”
Roteiro Adaptado: “Onde os Fracos Não Têm Vez”, Joel Coen & Ethan Coen
Roteiro Original: “Juno”, Diablo Cody
Direção de arte: “Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco Da Rua Fleet” (Dante Ferreti e Francesca Lo Schiavo)
Fotografia: “Sangue Negro” (Robert Elswit)
Figurino: “Elizabeth: A Era de Ouro” (Alexandra Byrne)
Documentário: “Taxi to the Dark Side” (Alex Gibney e Eva Orner)
Melhor documentário (curta): “Freeheld” (Cynthia Wade e Vanessa Roth)
Montagem: “O Ultimato Bourne” (Christopher Rouse)
Filme Estrangeiro: “Die F¤lscher” (”The Counterfeiters”) (Áustria, de Stefan Ruzowitzky)
Maquiagem: “Piaf - Um Hino ao Amor” (Didier Lavergne e Jan Archibald)
Trilha Sonora: “Desejo e Reparação” (Dario Marianelli)
Canção: “Falling Slowly” (”Once”, Glen Hansard e Marketa Irglova)
Curta-metragem de Animação: “Peter & the Wolf” (Suzie Templeton e Hugh Welchman)
Curta-metragem: “Le Mozart des Pickpockets” (The Mozart of Pickpockets) (Philippe Pollet-Villard)
Mixagem de Som: “O Ultimato Bourne” (Scott Millan, David Parker e Kirk Francis)
Edição de Som: “O Ultimato Bourne” (Karen Baker Landers e Per Hallberg)
Efeitos Visuais: “A Bússola de Ouro” (Michael Fink, Bill Westenhofer, Ben Morris e Travor Wood)
Oscar Honorário: Richard Boyle (Diretor de Arte)

Resultado - 28º Prêmio Framboesas de Ouro



Pior Filme: Eu Sei Quem Me Matou

Pior Ator: Eddie Murphy (como Norbit) em Norbit

Pior Atriz: Lindsay Lohan (como Aubrey) e Lindsay Lohan (como Dakota) em Eu Sei Quem Me Matou

Pior Atriz Coadjuvante: Eddie Murphy (como Rasputia) em Norbit

Pior Ator Coadjuvante: Eddie Murphy (como Mr. Wong) em Norbit

Pior casal ou dupla: Lindsay Lohan e Lindsay Lohan (como as gêmeas Audrey e Dakota) em Eu Sei Quem Me Matou

Pior Refilmagem ou cópia: Eu Sei Quem Me Matou (Cópia de O Albergue, Jogos Mortais e The Patty Duke Show)

Pior sequência ou Prequência: O Acampamento do Papai

Pior Diretor: Chris Siverston de Eu Sei Quem Me Matou

Pior Roteiro: Eu Sei Quem Me Matou escrito por Jeffrey Hammond

Pior Desculpa para um Filme de Terror: Eu Sei Quem Me Matou

Juno

Histórias de amor eterno são tratadas de duas formas distintas no cinema. A primeira é de maneira fantasiosa: garota espera o príncipe encantado e ambos vivem felizes até os 80 anos, quando morrem de mãos dadas. A segunda é de forma cínica: o amor eterno não existe e a complexidade da relação um dia exigirá seu preço, jogando o casal (ou um dos lados do casal) numa orgia de confusão sentimental. Quando um filme consegue escapar dessas visões maniqueístas, uma obra-prima se forma. Foi assim com As Pontes de Madison, sobre o amor versus comodismo. Foi assim com Antes do Amanhecer, sobre o amor versus a inconveniência da distância. E é assim com Juno, surpresa indie do ano que consegue juntar a magia inocente do primeiro amor e as dificuldades desse amor (?) se manter na vida adulta.O tema é tratado de maneira inteligentíssima pelo roteiro de Diablo Cody. Sua Juno (Ellen Page, sensacional), a garota que fica grávida na primeira transa e decide passar o filho (ou "a coisa", como costuma dizer) para um casal infértil, é uma daquelas personagens antológicas, apaixonantes e reais. Ao contrário da maioria das criações femininas jovens do cinema, Juno tem uma decisão a tomar e encara isso de forma verdadeira. Não há pais desajustados que irão chorar pelo destino "da minha menininha", não há o namorado canalha (neste caso, há o frágil corredor vivido por Michael Cera) e não há uma protagonista idiota e desesperada - é uma garota de inocência assumida, mas lida com isso de maneira esperta.No meio de tanta bizarrice que vemos em filmes sobre adolescentes, Jason Reitman despiu-se do cinismo que apresentou em Obrigado por Fumar e se revelou um diretor sensível e consciente de suas criações. E assim tratou o casal mais velho vivido por Jason Bateman e Jennifer Garner. É um cara com ambições diferentes, roqueiro e fã de filme de terror e quadrinhos, que evita se dedicar a isso porque a mulher não gosta. Essa relação simbiótica (ele se deixa levar pelo amor que sente e ela não percebe que mata o homem por quem se apaixonou ao podá-lo de seus prazeres) é cruel e comum. Talvez seja o melhor de Juno: passar duas horas com pessoas interessantes que podem estar ao seu lado.

fonte: Revista SET

Que em 2008 você...


Novidades Apple - iPhone


O iPhone, com venda superior a quatro milhões de aparelhos, ganhou recursos como mapas de localização, visualização de clipes pela Web, telas iniciais personalizáveis, envio de SMS para múltiplos contatos, suporte a capítulos, legendas e línguas, além de letras de músicas.O iPod Touch também ganhou novos recursos como e-mail, mapas, cotação de ações, previsão do tempo e catálogos de filmes e músicas. Isso virá no novo aparelho, ou com o pagamento de US$ 20 para os atuais usuários.Estes programas serão oficiais, mas a Apple também vai liberar o chamado SDK (Kit de desenvolvimento de software), para que programadores possam desenvolver aplicativos tanto para o iPhone, quanto para o iPod Touch, em fevereiro.


fonte: UOL

Novidades Apple - iTunes locadora e super HD


Outra grande novidade é o sistema de aluguel de filmes pelo site do iTunes, que chegou à marca de quatro bilhões de músicas vendidas. A Apple firmou parceria com a MGM, Lionsgate, Miramax, 20th Century FOX, WB, Disney, Universal, Sony, Paramount, entre outros estúdios. Será cobrado U$ 3,99 pelos filmes antigos e U$ 4,99 pelos lançamentos. Mil filmes estarão disponíveis até o fim de fevereiro. O novo produto também deve impulsionar as vendas do "Apple TV". A Apple TV, take 2 não precisa do PC para baixar os filmes.Ele anunciou ainda o Time Capsule, HD wireless para backup com capacidades de 500 GB e 1 TB. Os aparelhos começam a ser vendido em fevereiro por US$ 299 e US$ 499, respectivamente. Usando a tecnologia 802.11n ele é capaz de trocar informações com PCs, Mac e dispositivos como iPhone, iPod Touch e Apple TV. Dá ainda para ligá-lo a uma impressora via USB e compartilhá-la com toda a rede.Jobs também falou do Leopard, novo sistema operacional da Apple, que foi lançado em outubro. O novo Mac OS teve 5 milhões de cópias vendidas nos três primeiros meses e taxa de 20% de upgrade dos computadores que já tinham Mac OS X.A MacWorld é realizada de terça (15) a sexta-feira (18), no centro de convenções Moscone, em São Francisco. Em 2007, o iPhone foi a grande estrela da feira.
fonte: UOL
abcs