Repúdio: Enfermeiros da Rede Globo


Mais uma vez o pior veículo de comunicação do Brasil e da América Latina, talvez uma das maiores mídias do mundo, a afamada Rede Globo de Televisão, vem trazer em sua novela do horário nobre, uma enfermeira estilo padrão desta Emissora! Isto já está se tornando tradição no horário, pois é a terceira enfermeira que aparece consecutivamente em suas novelas. Lembremos:

1. A enfermeira que 'rouba' bêbes de Senhora do Destino!

2. A enfermeira-freira que só sabe levar pacientes de maca e trazer instrumental para médicos, em Páginas da Vida. E não esqueçam do chefe de enfermagem, papel masculino, que nunca se explicitou se este era enfermeiro ou não, ou seja, a globo criou um novo profissional da equipe de enfermagem. O chefe, que é Chefe e nada mais!


3. Também temos a enfermeira que só servia para 'dopar' a Paula e levar 'grito' do médico em Paraíso Tropical.


4. E agora! Teremos uma enfermeira, papel de Flávia Alessandra , que nas horas vagas faz Sistematização da Assistência de Enfermagem no calçadão no Rio como prostituta.


Agora existem outras representação honrosas para enfermeiras na grade de emissora, como as de cinta-liga e colo sempre saliente do CASSETA E PLANETA, ou, a Enfermeira dos sonhos eróticos da GRANDE FAMÍLIA. É incrível como a Globo nos brinda com homenagens mais que 'discutíveis' em sua programação mais assistida e rentável, as telenovelas! O melhor disso é que uma mídia das grandes massas, assistida por milhões de pessoas em todos o Brasil, e que chega a todos os tipos e classes de pessoas, da A a E, impera reforçando no imaginário dessa população leiga e desescolarizada, um estereótipo negativo e pejorativo da classe dos Enfermeiros. Até quando vamos assistir as enfermeiras estilo Globo? E o COFEN? Será que este órgão irá tomar providências para deter essa desmoralização pública de uma das mais importantes, se não, a mais importante profissão de saúde do mundo! Devemos trabalhar em prol da moralização pública dos Enfermeiros e contra essa afronta Global!Vamos mostrar aos nossos familiares e colegas, o quão vil é esse canal de televisão, que desrespeita uma profissão VALOROSA E IMPRESCINDÍVEL, cuja tradição secular objetiva assistir sadios e enfermos durante todo o seu ciclo vital, do nascer ao morrer, com dignidade, respeito, ciência e responsabilidade. Uma profissão tão importante que nenhum serviço de saúde que for, pode trabalhar sem a sua presença. Creio que este autor nunca deva ter se dado ao trabalho de conhecer de perto uma equipe de enfermagem verdadeira. Por que se assim o tivesse feito, Aguinaldo Silva, teria retratado a VERDADEIRA HISTÓRIA DA ENFERMAGEM. Aquela ENFERMAGEM que está sempre ao lado do paciente, quando este acorda, come, banha, tem dúvidas, tem dor, saudade,tristeza e necessita mais do que um procedimento ou medicamento. Uma enfermagem que se presencia quando este paciente necessita de pessoas formadas para CUIDAR e que enxergam neste um ser único e importante! Se Aguinaldo Silva fosse realmente retratar uma enfermeira que trabalhasse à noite, ao invés da 'prostituta' Flávia Alessandra, retrataria os 'verdadeiros' enfermeiros da noite, aqueles que perambulam noite a fora dentro das ambulâncias do SAMU, que salvam pessoas no pré-hospitalar, estabilizando e confortando até que este cheguem sãos e salvos ao hospital. Se fosse retratar uma enfermeira que vai à casa da pessoa para 'trabalhar', retrataria as enfermeiras do Home Care, que cuidam dos pacientes e de seus familiares, dando conforto e educação para o auto-cuidado. E se fosse retratar a dureza da vida desta mulher, retrataria a carga horária desumana, as péssimas condições da atenção pública, os baixos salários e o desrespeito das autoridades para com a saúde da população!
'Se vc não disse o que queria dizer, não amou o quanto poderia amar, não tentou aquilo que desejava tentar, logicamente morrerá angustiado com a sensação de que se foi e tudo ficou pela metade'. Basilio Pawlovicz Divulguem


fonte: internet
fotos: www.globo.com
1 Response
  1. Rosário Says:

    Concordo plenamente! Sou enfermeira, portuguesa, e repudio por completo esse tipo de representação da enfermeira! Os produtores das telenovelas deviam ir fazer um "estágio" nos hospitais, centros de saúde e em todos os locais onde trabalham os enfermeiros (são muitos, seria um grande investimento), para perceberem o que é, REALMENTE, SER ENFERMEIRO! Já era tempo da Globo mudar, sendo uma rede tão prestigiada e que se vangloria de chamar a atenção para questões sociais, reais...ACTUALIZEM-SE!
    Rosário Martins, enfermeira em Coimbra, Hospital Pediátrico

abcs